O tumblr já está(va) morto

Esse post era pra sair semana passada, mas eu desempolguei porque os browsers inventaram de trocar as fontes. Enfim.

_____________________________________________________________________________________
ANTES DE LER, LEIA:

Na era da globalização e da carapuça de tamanho universal, você pode entender que algo escrito aqui foi uma indireta feita especialmente pra você. Cuidado com a síndrome de Tarso. Não estou lhe seguindo, pregando pra Cristo ou muito menos citando o seu nome.
_____________________________________________________________________________________

Semana passada, o tumblr estava inquieto. O grande motivo era a aparição do site no Fantástico. Muita gente dizendo que depois da reportagem, entraríamos num iminente processo de orkutização. Diversos posts vomitando o nojo dessa veiculação, defendendo uma separação cronológica em ADF (antes do Fantástico) e DDF (depois do Fantástico). A partir daí, pergunta-se: o tumblr já não estava orkutizado?

Sim, estava. E posso dizer que já faz um bom tempo.  Pelas minhas rápidas checagens, estimo que essa brincadeirinha turca começou há 10 (DEZ) meses atrás.

FATOS HISTÓRICOS

A história toda começa com a orkutização do twitter, quando os novos orkuteirinhos começaram a seguir os veteranos e repararem nas atualizações automáticas que o tumblr enviava pelo twitter. A partir daí, um bom número de páginas foi criado. Essas páginas, também mandavam atualizações automáticas e puxavam mais gente ainda pro tumblr. Foi assim que a situação começou a complicar.

O primeiro sinal foi o nosso querido idioma português começando a aparecer. Quando eu entrei no tumblr, TUDO era em inglês.  Não se pode confundir as primeiras páginas 100% em português (como o porramauricio) com o fenômeno da orkutização, afinal essas páginas apenas viam o tumblr como uma alternativa às plataformas convencionais como Blogger e WordPress.

O problema do português começou a aparecer quando o pessoal traduzia posts em inglês. O segundo problema foi a CHUVA de gifs.

Tadinho de mim, me orkutizaram

A ERA PÓS-MODERNA

Assim surgiam os 200 gifs por posts precedidos de algum texto. Em inglês. A partir daí, a tradução enveredou por este ramo, criando outros estilos  até o tumblr se tornar insuportável. DÚVIDA? Pesquise pela enxurrada de “quem nunca […] não sabe o que é […]” http://www.tumblr.com/tagged/quem+nunca.

O próximo passo foram os textos, que parecem ter sidos retirados do programa da Ana Maria Braga. Textos extremamente otimistas e melosos, que ganharam a simpatia de muitas meninas adolescentes com um nível de incoerência para relações amorosas acima do tolerável. Instaurou-se o caos. Começaram a chover covers da sinceridades¹ e a própria sinceridades¹ dentro do tumblr. Como se não bastasse o twitter.

SOLUÇÕES

O tumblr é um instrumento para disseminar ideologia. Vista a crescente ascensão dos textos da Ana Maria. Os textos em si, passam até alguns conceitos legais. O problema é que muitos deles apenas servem pra cumprir a responsabilidade social. Pro inglês ver. Se o tumblr fosse usado pra tentar coibir essa incoerência, gritante, o tumblr seria um lugar melhor pra se viver.

 

¹Sinceridades: plural de “sinceridade”, [Do lat. sinceritate.] Substantivo feminino.  1.Qualidade de sincero.  2.Franqueza, lealdade, lhaneza, lisura.  3.Boa-fé.

Anúncios

1 Response to “O tumblr já está(va) morto”


  1. 1 fbwefgbuqigfiluewqf 7 fevereiro 2012 às 7:10 pm

    Diz o homem que não tem nenhum comentário no post 🙂

    Clique no link do meu perfil pra ver meu tumblr, sigo de volta ;D


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Por aqui já passaram

  • 1,763,009 Pessoas

Piu, piu!

Mais




%d blogueiros gostam disto: